Para garantir os direitos dos atingidos pelo rompimento das barragens da Mina do Feijão, explorada pela Mineradora Vale, em Brumadinho, a Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) está atuando no local desde a sexta (25/01), dia da ruptura.

De imediato, defensores públicos, assessores da Defensoria-Geral e coordenadores do Núcleo Estratégico da Defensoria Pública de Proteção aos Vulneráveis em Situações de Crise foram para a região, para prestar auxílios iniciais aos moradores.

O defensor público-geral do Estado, Gério Patrocínio Soares, que, na sexta-feira estava em Sergipe para reunião do Colégio Nacional de Defensores Públicos-Gerais, chegou em Brumadinho na manhã do sábado.

Além de manter contato com familiares das vítimas e autoridades presentes, o DPG participou de diversas reuniões, entre elas, do Grupo Estratégico para atuação em razão do desastre e das instituições integrantes da Força-Tarefa criada pela Procuradoria-Geral da República para apurar as causas e responsabilidades do rompimento.

Para o defensor-geral do Estado, Gério Patrocínio, a gravidade da situação demanda a atuação conjunta e articulada entre as várias instituições, para que os resultados do trabalho possam auxiliar de forma concreta e ágil a população.

O dirigente da DPMG salienta que a Instituição está à disposição da população e dos órgãos governamentais locais, para prestar atendimento à população atingida.

Para potencializar as ações de amparo aos atingidos, a Defensoria Pública criou um comitê institucional. Defensores públicos mineiros estão se revezando para que a Instituição atue no local de forma ininterrupta. Os trabalhos incluem levantamento preliminar dos impactos do rompimento e das necessidades da população, articulação com outros órgãos e poderes constituídos, além de auxílios iniciais aos desabrigados. Em Belo Horizonte, desde a sexta-feira (25/01), foi estabelecido plantão em sobreaviso, que será mantido de forma permanente. Ainda no final de semana, a Instituição iniciou a arrecadação de donativos, que foi interrompida até que haja necessidade de mais doações no local.

Mídia

Confira entrevista concedida por defensor público de Minas Gerais em reportagem sobre o rompimento produzida pelo MGTV 1ª edição

https://www.youtube.com/watch?v=R-wtULbKpTs&feature=youtu.be

Fonte: Ascom/DPMG (28/01/2018)

 

Quem somos

O Colégio Nacional de Defensores Públicos Gerais (CONDEGE) congrega defensores-gerais de todos os Estados do Brasil, do Distrito Federal e da União, além de representantes de associações nacionais de defensores públicos.
Rua Padre Chiquinho, nº 913; Bairro Pedrinhas; Porto Velho/RO
(69) 3217-4700
ascom.condege@gmail.com

Assessoria

Assessoria de Comunicação: Paulo Marcelo Silvestrini
E-mails: ascom.condege@gmail.com | ascom@defensoria.ro.def.br
Telefone: (69) 3217-4710
Celular: (69) 9 9261-0116

Gabinete do presidente
Email:  presidencia@condege.org.br
Telefones: (69) 3217-4700

Newsletter

Assine para receber nossas últimas novidades!