O Recife sediou a 40ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional dos Corregedores das Defensorias Públicas dos Estados, do Distrito Federal e da União. O evento aconteceu entre os dias 08 e 09 deste mês, na sede da Procuradoria Geral do Estado, área central da capital.  A solenidade contou, na abertura, com as apresentações da Orquestra Criança Cidadã, da Escola de Frevo do Recife, Defensores Mirins, do Instituto Alcance.   Os Corregedores também conheceram as parcerias entre a Defensoria Pública de Pernambuco e a Defensoria Pública da União-Recife, bem como a sede conjunta, onde funciona as duas Instituições.  Na ocasião, o Subdefensor Geral Henrique Seixas  e o chefe da DPU-Recife, Guilherme Ataíde Jordão, expuseram sobre as parcerias entre as  Defensorias Estadual e Federal.  

Além do Corregedor-Geral da Defensoria Pública de Pernambuco, José Antônio de Lima Torres, anfitrião do encontro, e do Defensor Público-Geral do Estado e Presidente do Condege, José Fabrício Silva de Lima; do Subdefensor Geral Henrique Seixas; a Corregedora Auxiliar Manuella Pollyanna de M Silveira, também estiveram presentes 21 representantes das seguintes corregedorias: Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins e Defensoria Pública da União.

Na abertura, o Defensor Público Geral José Fabrício deu boas vindas aos participantes reforçando a importância do serviço de assistência jurídica em prol de todos os brasileiros. “Com força, garra e união das Defensorias de todo Brasil, nós vamos enfim ultrapassar cenários de dificuldades e, fazer valer. Cada vez mais a nossa missão, concedida pela nossa Constituição, através de serviço autônomo, independente e que possa verdadeiramente transformar vidas, levando cidadania, trabalhando numa sistemática de inclusão”, destacou.

O Corregedor José Antônio destacou a alegria de Pernambuco sediar a 40ª Reunião. “Foi enriquecedor o encontro, no qual discutimos práticas exitosas de vários Estados, as quais ajudaram em nossos trabalhos à frente da Corregedoria”, frisou. Ele ressaltou, ainda, sobre o crescimento institucional consolidado pela Defensoria Pública, o que torna uma grande responsabilidade outorgada pela Constituição Federal, uma vez que a dinâmica social não permite a mera continuidade, exigindo aprimoramento constante. “O trabalho eficiente e diligente das Corregedorias-Gerais tem sido fundamental para o desenvolvimento de cada Defensor Público e da Instituição como um todo, na medida em que promove orientação aos órgãos de execução”, reforçou.  

Na ocasião, o Defensor Público Henrique da Fonte, coordenador do Núcleo de Defesa e Promoção dos Direitos Humanos da DPPE,  expôs o tema  "A impossibilidade de recusa de atendimento inicial pelo Defensor Público, lastreada em convicções pessoais, morais ou religiosas, diante de grave violação aos direitos humanos”, que recebeu menção honrosa no XIII Congresso Nacional dos Defensores Públicos. 

Redação: Fátima Freire
Imagens: @jhpaparazzo

Quem somos

O Colégio Nacional de Defensores Públicos-Gerais (Condege) congrega Defensores-Gerais de todos os Estados do Brasil, do Distrito Federal e da União, além de representantes de associações nacionais de Defensores Públicos.
Rua Marquês do Amorim, nº 127, Bairro Boa Vista, Recife/PE - CEP: 50070-330
(81) 3182-3702
presidencia@condege.org.br

Assessoria

Gabinete da Presidência
E-mail:  presidencia@condege.org.br
Telefones: (81) 3182-3701 | 3182-3702
Celular: (81) 98494-1235

 

Assessoria de Comunicação: Fátima Freire
E-mails: ascomdppe@defensoria.pe.gov.br
Telefone: (81) 3182-3707
Celular: (81) 98494-1233

 

Newsletter

Assine para receber nossas últimas novidades!